Com tecnologia do Blogger.

Chapters & Scenes #2 - Cat Person


Cat Person é uma coleção de pequenas e breves histórias aos quadradinhos da Seo Kim. Algumas delas já publicadas no seu tumblr, outras exclusivas do livro, mas todas muito boas.

Como o próprio título indica, são retratadas várias peripécias do quotidiano de Jimmy (o gato) e da própria Seo, sempre com um toque de humor. Apesar de algumas das situações serem inspiradas na realidade e outras fictícias, em qualquer uma delas podemos encontrar pontos com que nos identificamos e soltar uma boa gargalhada com eles.


O livro foi publicado pela Koyama Press, que promove artistas emergentes e estabelecidos. Desde comics, novelas gráficas, zines ou livros de arte, a editora de Toronto dá espaço e voz a uma enorme variedade de géneros. A Seo está atualmente a trabalhar com o Cartoon Network e faz os storyboards para o Adventure Time (também encontram algumas parecenças nos desenhos? 😃). Relativamente ao estilo e traço utilizados no livro, as marcas de lápis dão-nos sempre a sensação de estarmos a ver diretamente o caderno onde Seo fez os desenhos, o que acaba por criar ainda mais proximidade com o leitor. Nota-se a fugacidade do registo que capta o mais importante e essencial à nossa interpretação.


Este livro é uma leitura rápida e leve, que se pode pegar e largar a qualquer momento e que certamente vão gostar, principalmente se forem Cat Persons. O livro está divido em várias partes e os seus títulos indicam-nos as principais temáticas abordadas.


Just Me, Eddie & Me e Misc.

São seções dedicadas a situações do quotidiano com e sem gatos. Nelas podemos encontrar o desejo de ter uma rotina (que dificilmente é cumprida, principalmente no que diz respeito à hora de deitar); As frustrações de fazer listas e deixar metade para o dia seguinte, de estar a fazer alguma coisa e a distração nos levar durante horas, epifanias criativas ou destruidoras e relações à distância. A Misc. é uma junção de alguns quadradinhos com conteúdo mais aleatório e igualmente divertido.


Ser Cat Person

Quem tem um gato em casa sabe que nem todos os momentos são de extrema felicidade, porque há uma coisa em que eles são tão peritos quanto nós humanos – serem eles mesmos, com direito a noias de vez em quando e tudo 😛

Por vezes demonstram o seu amor de formas muito peculiares e ser Cat Person implica continuar a adorar gatos mesmo quando eles são umas verdadeiras pestes, certo? Porque gostam de estar onde nós estamos (mas sem estarmos lá), deixar pelos por todo o lado (Everything is a cat when you have a cat), passar o tempo em banhos intermináveis, deitar-se nas posições mais estranhas (que não percebemos como podem ser confortáveis) e ainda assim os querermos encher de mimos e abraços apertados, coisa que eles não estão sempre dispostos a receber.

Podemos encontrar tudo isso nos desenhos de Seo e ler este livro faz-nos ver certas situações como algo bom, comum a todas as pessoas que têm gatos e veem a sua vida um pouquinho melhor com eles.



O melhor de ser Cat Person (ou Dog Person)

É verdade que nem todos os animais se comportam da mesma forma e cada caso é um caso, no entanto estes são alguns pontos positivos que podem encontrar no convívio diário com um amigo de quatro patas:

 - Se optaram (ou vierem a optar) por adotar um animal que esteja na rua ou num abrigo, estão a dar uma vida melhor a um ser vivo, proporcionando-lhe condições que provavelmente não conseguiria na situação em que se encontrava. Quando passam por estes processos mais atribulados, mas com um final feliz, muitos cães e gatos, sentem-se profundamente gratos e demonstram-no de uma forma especial. Haverá melhor sensação que cuidar e receber amor em troca?
- São boas companhias. Eles estão lá sempre, nos dias bons e menos bons. Não se importam se nesse dia estamos mais ou menos conversadores, se tivemos tempo para arrumar a casa ou nos arrumarmos a nós.
- Um passeio generoso ou uma boa dose de brincadeira ajudam a aliviar o stress e a afastar as preocupações do dia-a-dia, as nossas e as deles. Caso trabalhem em casa ou tenham o vosso animal de estimação no local de trabalho, ele também vos pode ajudar a fazer pausas mais descontraídas, ir à rua e apanhar ar pode ser bastante produtivo para ambos.


E vocês, que outras coisas boas encontram em ser cat person? E já conheciam o trabalho da Seo Kim?


Estes são os blogs que participam no Chapters & Scenes e lá podem encontrar outras sugestões para o tema do mês de Novembro:
Deixa Ser  |  A Outra Mafalda's Books  |  Andreia Moita  |  Infinito Mais Um  |  Limited Edition 
Daily Echo  |  Meek Sheep  |  Às Cavalitas do Vento  |  Uma Chávena de Charme  |   Joan of July

Mais informações do projecto aqui.

Sem comentários